quinta-feira, 12 de maio de 2016

Assassino



Um sonho
Pesadelo agoniante
Eu mato todos
Pingo o sangue
Escondo os corpos
Coloco um sorriso forçado
Queimo as evidencias
Sou amaldiçoado
E no ressoou do mal
Sou o diabo.

Nenhum comentário: