quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Oceanos





Eu queria ser um barquinho
Para em teu oceano navegar
Cair correnteza a fora
Teus segredos encontrar.

Desculpe se não fui clara
Minha vela se chama desafio
Não me esqueço desse oficio.

Sou mais forte do que aparento
Ainda vou encontrar sua ilha
Em meio ao oceano de pensamentos
Eu, apenas sou um barco sem segredos.

Temo que seja apenas o começo
Pois a tempestade já começa a me puxar
Cada vez  mais para dentro de ti.

Nenhum comentário: