terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Minha Fobia





Esse relógio que faz tanto TIC TAC
A insônia me persegue 
(Presa e caçador)
Meus sonhos são uma bomba atômica 
(Como Little Boy)
Sonambulismo que não sei se tenho 
(Acordo nadando na piscina)
Tenho medo do escuro, mas do tipo escotofobia 
(Uma prisão sem grades)
A noite parece um eterno pesadelo onde não enxergo nem a mim mesmo
Ouço vozes que não existem, vejo vultos que de nada consistem
O TIC TAC que nunca termina e me persegue até o sol nascer



Rezo minhas preces para nunca ter que ver o sol descer 
(Se escondendo atrás da montanha).

Nenhum comentário: