domingo, 8 de fevereiro de 2015

Espaço


    O espaço
 nenhum som
Nenhuma esperança
Mas a certeza
Da beleza
O que não somos

A mentira
Fatos escondidos
O segredo do universo
Nosso ofício

Ferramentas
Seres primitivos
Somos os mestres
Sem nenhum carimbo

Definhamento
A imortalidade 
 Nunca vamos conhecer
A morte certa nos espera.

Nenhum comentário: