terça-feira, 12 de março de 2013

Lamparinas

As luzes mais uma vez sendo ligadas
Por favor, trate de apagá-las logo.
Maldito dia que temos que enfrentar
Que a noite venha logo para nos guiar
Em direção as estrelas de um olhar.

Eu fico parada
Não há nada que eu queira fazer na madrugada
Apenas ser afogada pelas tristezas e magoas
Sempre me achei nada onde o tudo quer me mostrar
Pode ser que a melodia e a cocaína me tragam até você.

Nada pode agradar mais que os sonhos
Alguns pesadelos chegam sem avisar
Mas você chega e vem me salvar
E o tudo que tenho a dar a você
É meu sorriso em prova do meu agradecimento
E é realmente isso que quer em troca.

Olhe não quero negar
Às vezes é difícil aceitar
Que há algo tão puro nesse mundo
Talvez já estejamos longe disso tudo
Talvez sejamos almas mortas
Com sentimentos verdadeiros
Mas agora o que realmente importa?
Se os corpos se chocarem será uma explosão
É apenas amor
Uma forma de expressão
Somos seres da noite
Um par de morcegos
Esperando o tempo passar.


Nenhum comentário: