domingo, 12 de fevereiro de 2012

Lucro

Não falar do que não se deve ser falado

Mentir e omitir para nos mantermos calados

Esta noite estaremos muito ocupados

Vamos tomar banho em dinheiro

Amassar papel reciclável

Digerir uma salada de notas de um real

Uma bala na cabeça de quem nos trair

Tanta gente fraca com medo de mentir

Limpar a bunda com livros que serão dados

Rasgar os boletins dos prestigiados

Cuspir nesse povo amaldiçoado

Somos tão fracos e eles nem percebem

Usamos o dinheiro para o nosso beneficio

Compramos aquilo que muitos não podem comprar

Damos migalhas para milhares de horas de trabalho

Enquanto mergulhamos no rio de dinheiro roubado

Não nos importamos com a saúde, pois estamos bem

Se ficarmos doentes lá está o sírio libanês

Enquanto vários morrem em uma fila esperando

Eu sou aquele que vai chegar te empurrando

Criamos mais regras estúpidas para você obedecer

Cobramos tão caro por aquilo que você não vê

Aumentamos o preço para seu dinheiro pegar

Só não matamos você, pois assim como iríamos lucrar?

Nenhum comentário: