segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Antes de partir

Vejo a chuva cair bem distante de mim

uma grande tempestade de solidão

chegando em mais um dia para me atingir

mas nada ela irá encontrar dentro de mim

já passou da minha hora de ir embora

mas eu insisto em ficar por aqui

sentimentos mortos vagando por este lugar

minhas lágrimas passam pelo meu corpo

meu manto que cobre tudo que eu sou

no lugar onde irei permanecer até morrer

a tempestade vai levar minha lágrimas embora

meu corpo irá desaparecer junto a solidão

meu espirito que nunca sentiu a voz lhe dizer…

-Aquilo que todos deviam escutar antes de partir.

Nenhum comentário: