domingo, 25 de dezembro de 2011

Pedaços

A curiosidade mata

mas deixe muita gente aflita

e a solidão está em colisão

o homem morto não vê

a primavera florir e crescer


nós vemos no horizonte o sol de uma linda manhã

mas não nos enganamos facilmente com o que há

nosso melhor é que sabemos mostrar nossa face de terror

somos mestre nos disfarce de esconder nossa dor


Por um longo tempo

o dia está nascendo

por um longo tempo

a noite está nascendo

somos seres curiosos

estamos tentando descobrir

quando esse mundo vai ir embora

e junto com ele nosso pedaços.

Nenhum comentário: