sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Existência

Meu amigo deixei as coisas tristes pra lá

olhe para céu e volte a sorrir

a vida é um inferno eu sei

mas já que está vivo então viva

Deixe que o batam ou lute

falei e grite ou morda os lábios

mastigue o que odeia ou destrua tudo

deixe seu amor desaperecer ou cante uma canção

Seja meu amigo ou me odeie

estou apenas lhe dando opções

siga o caminho mais fácil ou difícil

isso depende se suas decisões

antes de morrer primeiro viva

Meu amigo deixe as coisas ruins pra lá

se junte comigo e vamos celebrar

nossa existência até o mundo acabar.

Nenhum comentário: