quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Caça

Não use palavras erradas
para mim são todas iguais
não paro no meio de uma caçada
pois eu sou o caçador

Não uso as roupas antigas
o cheiro de morte a impregna
eu não sei onde deixei minhas coisas
posso estar sem minha sorte
ou me vendi para morte

Não busco encontrar a saída
ela que vai me encontrar
se a segredos na vida
é melhor você não atrapalhar

Não sonho quase nunca
minha vida é uma pesadelo
vivo num faz de conta
onde nem eu mesmo me obedeço

Não quero ser a caça
pois vivi tanto tempo como caçador
e agora como caça vivo em pleno terror
está desgraça e por causa da caça
não é sonho nem pesadelo é a vida
e com ela a gente não brinca.

Nenhum comentário: