segunda-feira, 13 de junho de 2011

Morrer em paz

Tantos caminhos no mundo
você não sabe como plantar sua fé
e nem quando e se irá nascer
vou trazer o texto da tumba antiga
transformar mentiras em ouro
é tão rápida a vida nem temos noção do tempo
não podemos voltar atras apenas somos engolidos
somos todos a perda de memoria e o encontro com a velhice

foi a vida que me disse para morrermos em paz
encontre o caminho e me deixe para trás

Nossa raça é um mistério
não temos dó nem pedimos perdão
quanto mais possuímos mais queremos
quanto mais pensamos mais fazemos os sonhos sangrar
pois se precisa de espaço para se matar

foi a vida que me disse para morrermos em paz
encontre o caminho e me deixe para trás

Sou parte do universo
meus sentimentos ficam submersos
minhas células temem mudar
dias melhores podem chegar
não desejo permanecer nem chorar
guarde o mundo que não conhecemos
guarde as mentiras que desconhecemos
fique para trás com os bolsos vazios
sua amor será sua riqueza
permaneça livre para se matar na incerteza


foi a vida que me disse para morrermos em paz
encontre o caminho e me deixe para trás.

Nenhum comentário: