segunda-feira, 13 de junho de 2011

Amor de mentira

Meu mundo é um castelo de cartas
o vento chega e ele se desmonta
você era as hastes que o seguravam
agora
Os dias tão sombrios que tenho que encarar sozinho
sem seus lábios para poder me deliciar
solidão cruel me deixa noites em claro
o telefone não toca,estou cheio de preocupações
preciso de você para me confortar
não apenas para me sentir bem
estou prestes a enlouquecer sem você
esse amor que me faz de prisioneiro da solidão
que me envolve e não tem explicação
Você enxerga mais não quer ver as minhas lágrimas
deixo pra você as mais belas rosas e você as esmaga
vou buscar a sua alma verdadeira que lembrava
de dias que passamos acordados de madrugada
sobre as mais belas frases que me falava
espero que volte meu amor lhe aguarda
mas não espere muito para voltar
ou minha alma se afastará desta terra
e esse amor que tanto estive esperando não fará mais diferença
foi apenas um sonho essa vida,nossa vida um amor de mentira.

Nenhum comentário: