segunda-feira, 2 de maio de 2011

rei ensanguentado

Ele caminha
seguindo vai pelo seu destino
ser herói ou morrer
pelo menos tem um objetivo

Com sua cabeça ele vai pensando
seria melhor esquecer
apenas sobreviver...

ele vê seu adversário
não sabe se mata ou morre
sua mente o assombra

Não há só um objetivo
não há porque não escolher
mas ele crê

Ele abre os seus olhos
a lamina da sua espada está a brilhar
é a hora de lutar

Ele vê o corpo ensangüentado no chão
ultimas palavras ditas de um pobre homem
espere algo melhor o aguarda

ele seguiu o conselho e esperou
sua vida nunca mais foi a mesma
seu destino foi ser rei
pobre homem que agora morto está

Ele sempre lembrará daquelas palavras
ele sabe que foi como uma resposta para suas preces
ele não se esquece...

o coração do homem morto bate
nos sonhos de sua majestade
que a vida o acalme.

Nenhum comentário: