terça-feira, 10 de maio de 2011

Insanidade

Dizem que eu estou ficando louco
trancam-me em uma quarto branco
estão me deixando fora do controle
eu não consigo me controlar
acho que eu vou surtar
Meus fantasmas voltaram mais uma vez
estão me assombrando sem parar
talvez eu esteja um pouco louco
talvez eu precise me acalmar
em uma camisa de força eu me reconcilio

É tão mais simples falar
dizem que é fácil ser louco e apenas viver

vieram me perguntar por que fiquei assim
A sociedade me enlouqueceu e você será o próximo

Você é tratado por aquele que se curou...Em uma mentira
ele te diz que vai ficar bem injetando-o na veia

Ele te enlouquece com sua própria abstinência de loucura
e eu vejo a verdade se tornando realidade

No meu hospício de mentira eu brinco de administrar minha demência
tomando mais um gole desse veneno delicioso chamado insanidade.

Nenhum comentário: