quinta-feira, 3 de março de 2011

vagalumes

Dezenas de vagalumes que brilham para mim
são as estrelas que todo dia quando a noite cai
iluminam o meu desenrolar pela madrugada
cada rua que ando me leva a calçada
onde me deito e durmo depois que amanhece
junto a tudo que sonho e me esclarece
a minha vida e tudo que quero ter
minha carreira algo que eu quero ser
cada segundo que eu vivo pensando em tudo
muitas vezes que me calo e fico mudo
para observar o infinito que me leva a acreditar
que nada vale a pena sem um dia amar
minhas rimas soam tão diferentes
podem ser as vezes minhas palavras inocentes
que apenas escrevo para me livrar
de pensamentos que me fazer implorar
a nunca deixar de acreditar nas verdadeiras coisas
nas pessoas nos sonhos nas milhares estradas
pois é tudo que temos e mais nada.

Nenhum comentário: