segunda-feira, 14 de março de 2011

O cupido do amor

As curvas dos asfalto vão surgindo
chegando a um lugar desconhecido
sem idéia de um trabalho qualquer
vou mostrar quem ele é

um viajante da vida
um mendigo de amor
um peregrino desconhecido
o cupido do amor

Será que você não vê
na sua frente ele pode aparecer
em uma esquina qualquer
esperando para te encontrar
e te enfeitiçar

você pode não estar sacando
se tiver sozinha vai te pegar
como bandido tão perigoso
que veio te assaltar

para dar ao seu coração uma chance de amar.

Nenhum comentário: