domingo, 19 de dezembro de 2010

não e nada

Por que nunca se aprende nada?
Todas as manhãs quando o ônibus chega
Você viaja até onde você não vai a pé
não espere por nada mais uma vez

Não espere por amor
não espere por gratidão
não espere por nada

Você pelo mesmo caminho segue
sua mesa as mesmas coisas
e os mesmos papeis que você tenta ler

Não pense em viver
Não pense e chorar
Não pense em amar

Não queria o demais
até o necessário é inconveniente
e o exigente acaba sozinho
seus olhos não se abrem
e eu não sei o porque

Não pense em querer
não pense em se ajudar
não pense em sonhar
não pense em nada
nem mesmo em você.

Nenhum comentário: