terça-feira, 23 de março de 2010

Sem nome

Eu vejo seu temperamento
Mesmo que não diga eu vejo
Sei o que você quer falar
Mesmo não dizendo
De tão longe pouco sei
Mas me leva a acreditar que não errei
Suas palavras com delicadeza
Me fazem sonhar ate me torna sua princesa
Distancia por que me agride?
Já não sinto nada
E um sentimento maior me escolheu
para esquecer de tudo... E entrar nesse novo mundo.

Um comentário:

Andy Freitas disse...

E há de ser nosso novo mundo!
Adorei cada palavra!