terça-feira, 9 de março de 2010

O circo

Chore mas não por mim
Minta mas não pra mim
Odeie mas não a mim

Sofra mas não por mim
Cuide mas não de mim
Ame mas não a mim

Enterre o que eu fiz
Acredite no que o seu coração diz
Mate se não esta satisfeito
Agrida seus olhos e seus medos
Sonhe com um mundo perfeito
Mais não me inclua nesse picadeiro
Onde os palhaços são homens feitos injustiçados
E o grande centro do circo o mágico
Que some com nossos salários
Sabe o que quero dizer?
Leia as entrelinhas e depois me procure
Somos apenas mais uma peça
E eu não me encaixo no quebra-cabeça
Onde vago pelo escuro da caixa
Mas a cabeça baixa e apenas distração
Os sofredores não sofrem apenas por sofrer.

Um comentário:

Andy Freitas disse...

"Brasil o palhaço aqui é você!" Essa é só, para todos nós...