sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Olhos

Com seus olhos rouba minha alma
Os mesmos olhos que me pedem esmolas
Esmolas de carinho e afeição

Com seus olhos diz que me ama
Como em um dia que estive doente e de cama
Seus olhos me cuidaram

Com seus olhos muitas vezes me detesta
Como musica ruim para meus ouvidos
Seus olhos me detestaram

Com seus olhos com lagrimas, um lago cristalino
De sonhos e mentiras que acreditei
Seus olhos me iludiram

Os olhos que amei
Olhos que cuidei
Olhos que detestei
Olhos que me iludiram
São os mesmos olhos que quero comigo.

Nenhum comentário: