quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Desculpa pai mais eu cresci

Desculpa pai mais eu cresci
Para de engatinhar e comecei a andar

Desculpa pai mais eu cresci
Não gosto mais de brincar

Desculpa pai mais eu cresci
Quero enfrentar o mundo como tanto eu quis

Desculpa pai mais eu cresci
As estrelas que você me dava
Não me da mais...

Desculpa pai mais eu cresci
Tenho sonhos e planos que pertencem a mim

Desculpa pai mais eu cresci
Sei que quer apenas o meu bem
Mais as vezes isso vai mais alem...
Às vezes me perturba
Mais te amo mesmo assim
Pai eu cresci, não é tão ruim assim.

Nenhum comentário: