quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Você manda no meu coração

Você manda no meu coração
Mesmo que eu queira mandar
Mesmo que a chuva acabe com tudo
Você manda no meu coração

Diga tudo que fiz a você
Mal consigo respirar
A poeira não para de aumentar
Com o tempo você vai saber que
Você manda no meu coração

Você manda
Mesmo que eu tente resistir
Mesmo que eu comece a chorar
Você manda no meu coração
De nada vale gritar

Uma mentira
Faca que dilacera marcando a vida
Você me tem e nada faz
Mais vai saber
Porque você manda no meu coração
E nada posso fazer

Manda, manda,manda mesmo
Eu critiquei a mim
Matei-me de vontade de ter batimentos
Mais infelizmente você tem meu coração e meus enlouquecimentos

Não precisa devolver é grátis
Mas pelo menos tenha compaixão
Do amor por você que esta neste pobre coração.

Um comentário:

Andy Freitas disse...

Quando a paixão é arrebatadora não há como controlar!