quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Tolos

Tudo se interpreta errado
Você dá dois dedos e querem o braço
Não se conformo com o medo
Só querem seu dinheiro

Não pensam na crueldade
Nem ouvem os anjos
São tolos e tontos

Não enxergam esse mundo
Usam óculos escuros
Não desmaiam permanecem em Pé a atirar

Zombam da cara dos necessitados
Por favor, arranque a pele mais não o coração
Deixe que sintam e digam o viram

Não deixei as facas no chão
Não faça uma besteira
Os tolos queimaram
Queimaram em uma fogueira
E os necessitados gritaram
-Que morram os tolos antes que nos matem com esse sufoco.

Nenhum comentário: