sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Palavras

Eu não tenho nada além das palavras e não preciso
Pois o que adianta amar e deixar um coração partido?

Eu sou uma pobre poeta
Não sofro pela primavera
Não tenho nada alem das palavras

E o céu desaba
Continuo não tendo nada
Um choro em lágrimas
Eu tenho só palavras
Que fazem o mundo andar e desandar sobre as águas

Somente palavras expressam sentimentos
As palavras são doces mantimentos
Eu não sobrevivo com tudo isso
Não preciso de nada somente das cruéis e belas palavras.

Nenhum comentário: