domingo, 29 de novembro de 2009

familia...

O que eu vejo é nenhuma compaixão
Nenhuma confiança na família
Esperança que não surge através dos dias

Eu não vejo o carinho
Eu me esforço por um breve sorriso
Mastigo e engulo as coisas mal encaradas

E através do silencio acalmo a casa
Se não sofrermos talvez fosse nada
Eu quero uma vida bem melhor ao longo da estrada
Não nasci pra sofrer sobre a dor
Pelo menos um sentimento existe chamado amor.

Nenhum comentário: