segunda-feira, 30 de novembro de 2009

eu amo o amor

Eu amo a dor do encanto
Uma paixão que vem voando
Eu amo ser domesticada
Ser amada e alvejada pela doçura
Eu amo a dor de uma faca
Faca do amor que em meu coração se intercala
Eu amo ser ultrapassada
Que certo alguém por mim há de amar
Eu amo ser indelicada
Sobre as montanhas de riscos que a mim riem
Eu amo enfim o amor
Que vêem e tenta ao menos apagar a dor.

Nenhum comentário: