sábado, 24 de outubro de 2009

Tédio

Mergulhada em tédio
Sem fazer nada
Sem nada pra fazer.

Olhos vidrados em reprises
Mãos batendo em um surto psicótico.

Pensando em nada
Viajando no nada
O aumento do tédio impreciso
Pouco a pouco levando ao suicídio da mente.

Não está contente
Nem sabe se sente
Continua-se no vicio
Um vício chamado tédio.

Nenhum comentário: