quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Saudade mata

Saudade dói e também mata
Quando amanhece o sol e você não está ao meu lado
Nos dias mais frios quando penso que você vai voltar
E uma rajada de tempestade me alcança
E a saudade vai me sufocando.

Quando me olho no espelho só vejo você
Tão ridícula, vendo filmes sozinha na TV
E você não aparece pra me salvar,
A saudade vai cortando meu coração.

Você virou apenas uma recordação
Levou meu amor
Levou meu coração
Não me deu explicação.

A saudade fere e mata a esperança
De que um dia iria ter você de novo
E fico aqui a esperar olhando as fotos
Imaginando situações
Fingindo que meu dia seria melhor
E você meu amor
Espero que morra!
Sofra!
Sinta a saudade o matar aos poucos.

Nenhum comentário: