sábado, 19 de setembro de 2009

tédio dos dias

O tédio consome nossas vidas
a maneira que o tempo passa as coisas acabam
minha cabeça doí com os anos
ultrapassando as barreiras que me foram impostas
e suportando pessoas inúteis
um caminho escrito
uma estrada um destino
as marcas dos pés me mostram a verdadeira estrada
um mar um céu a marcha errada
não foram escritas com intuição
tão mais fortes que meu coração
acreditando na verdade que um dia foi
o mais seguro dos dias.

Nenhum comentário: