segunda-feira, 21 de setembro de 2009

déjavu

Eu já vi esta historia antes começo sem um final
descobri relendo os velhos jornais
não sei se fui presa ou morta afinal
poderia ser tinta ou sangue mortal
em um lugar que não se sabe se o mundo é real
um déjavu deve ser minha vida.

Vendo as velhas noticias da minha morte cruel
será que há uma entrada para mim no céu?
ouvindo as musicas sem ouvir
o cenário perfeito de um filme antigo
onde homens usam chapeis e mulheres longos vestidos
encontra pintando o antigo
pintando de sangue o vazio e escrevendo enfim o final.

Nenhum comentário: