quinta-feira, 27 de agosto de 2009

concreta embriaguez

Jogue as coisas pelo chão
não pense em me dizer não
você esta sendo testado
tudo é errado
e o que é certo afinal
quando as flores chagarem irei descansar
quando eu te encontrar
já me vejo caindo,caindo de paixão
uma resposta no radio ou simples impressão.

Mal que me diz não é mal é amor
foi um pássaro e um pequeno beija-flor
as palavras fogem correndo distantes
em um instante percebo,percebo...
que o mais esquisito foi ter corrido
que o mais fraco foi eu ter mentido
que o mais ridículo foi eu ter te testado.

Isso não é nada é mais um dia embriagada
nada de pensar que não vale nada
o nada vale mais que nada
vamos se embalar em sonhos loucos
acabar com a embriagues
se nada pode ser tão certo
pelo menos pareça distante e concreto.

Nenhum comentário: