terça-feira, 14 de julho de 2009

morremos

Não quero que nada suma
não quero que meu destino acabe tão lúcido
nada de ser tão
miserável e acabar sem nada
porque nada levaremos desse mundo
apenas nossa alma
agravada de varias situações
concluindo morremos porque é hora
retornaremos sem nada e ganharemos pouco
viveremos como sempre respiraremos outros ares
e viveremos ate partimos novamente.

Nenhum comentário: