terça-feira, 21 de julho de 2009

volta triunfal

Aparentemente parece estar tudo correto
não veja o que quer ver olhe com outros olhos
e a verdade o afronta e o deixa com medo
quando viu seu mundo desabar enquanto via seu mundo cair
penso e com um toque de arrogância sem medo desistio
enquanto pensa em dar seu sangue em troca de dinheiro
olha por espelho
nada nada reconhece
no fim de tudo envelhece
o fim de anos desgastantes
a volta triunfal não penso em fazer
no desgaste do mundo seu sangue derramado fez por merecer
e no final de tudo seus olhos não enxergaram mais o amanhecer.

Nenhum comentário: