domingo, 28 de junho de 2009

bulevar de aventuras

Um bulevar de aventuras
ruas casas mundo distante do normal
não vejo guerra não vejo armas
não vejo tanques muito menos granadas
e é tão difícil acreditar
sombra agua fresca
um lugar de aventuras
onde as pessoas podem viver no mar
observar o luar sem medo
não esconder nenhum segredo
ser livre em consciência
e acreditar na existência de coisas boas
mesmo com tantas coisas ruins a acreditar
esse é o mundo dos sonhadores que enxergam apenas a beleza do mundo
e os outros parecem temer a liberdade e ao fogo
o fogo que não mente apenas diz a verdade
sem algo a fazer não há recompensa
precisa ser montado um esquema
decifrar enigmas e quem sabe alcançar a liberdade do próprio chão onde pisa.

Nenhum comentário: