segunda-feira, 1 de junho de 2009

amor e odio


Esta entre
a noite e o dia
o amor e o ódio
Tao simples como a chuva
indiferente como o amor
tentando encontras a cura pra meu coração
vivendo a ilusão
de um sonho impossível
um perigo igual uma vantagem anormal
um grito de horror
chamado de dor
um pedido de socorro,
eu te ajudo
e te mostro a encontrar
o caminho mais seguro
a resposta mais honesta
o rápido mais lento
o cupido mais odioso
a lágrima mais sem sentimento
um simples beijo extremo.

Nenhum comentário: